Páginas

terça-feira, 28 de agosto de 2012

Strike,A Última chance

A Ultima Chance Strike Não quero mais te ver, Tire suas mãos de mim agora As últimas palavras que naquela hora eu ouvi No princípio do fim Pra sumir daqui Quer ir embora, me esquece Mas se voltar, se entregue Nada acontece sem você aqui Assim Que tudo fique incompleto Se as horas já não correm enquanto eu não te convencer Que a história tende a dar certo Quando o seu orgulho se perder Agora é tarde pra se arrepender Eu nunca fui nada sem você Esquece o que passou Pra ser daqui pra sempre E o que dizem já não importa mais E se entregue sem olhar pra trás A noite eu vou te levar daqui pra sempre E hoje que eu lembrei Dos anos que já não te vejo Pensei em te ligar Mas me disseram que eu não deveria me aproximar assim Pra se proteger, quer se fechar E prefere ou me encontrar ou se perde Nada acontece sem você aqui Assim, Que tudo fique incompleto Se as horas já não correm enquanto eu não te convencer Que a história tende a dar certo Quando o seu orgulho se perder Agora é tarde pra se arrepender Eu nunca fui nada sem você Esquece o que passou Pra ser daqui pra sempre E o que dizem já não importa mais E se entregue sem olhar pra trás A noite eu vou te levar daqui pra sempre Minha boca no teu corpo corre desde o início ao fim E o pôr do Sol é intenso quando você esta aqui Por perto, por perto Minha boca no teu corpo corre desde o início ao fim E o pôr do Sol é intenso quando você esta aqui Por perto, por perto Porque, Agora é tarde pra se arrepender Eu nunca fui nada sem você Esquece o que passou Pra ser daqui pra sempre E o que dizem já não importa mais E se entregue sem olhar pra trás A noite eu vou te levar daqui pra sempre Minha boca no teu corpo corre desde o início ao fim E o pôr do Sol é intenso quando você esta aqui Por perto, por perto Minha boca no teu corpo corre desde o início ao fim E o pôr do Sol é intenso quando você esta aqui Por perto, por perto pra sempre!

Nenhum comentário:

Postar um comentário