Páginas

sexta-feira, 17 de maio de 2013

Omar Borkan Al Gala









Omar Borkan Al Gala foi expulso da Arábia Saudita por ser "demasiado bonito" e "irresistível para as mulheres". O fotógrafo e poeta foi expulso juntamente com outros dois modelos, durante o festival cultural Jandriyah.
 
foto FACEBOOK
Expulso da Arábia Saudita por ser "irresistível para as mulheres"
 
A polícia religiosa saudita deteve Omar Borkan Al Gala e outros dois modelos, durante o festival cultural Jandriyah, no qual os três homens trabalhavam no stand de promoção dos Emirados Árabes Unidos.
Segundo explicou um dos agentes da polícia à imprensa local, "os membros da Comissão para a Promoção da Virtude e Prevenção de Vícios temia que as visitantes se apaixonasse por eles" e que "tomaram medidas para deportar os três homens para Abu Dhabi.
A delegação dos Emirados Árabes Unidos emitiu um comunicado esclarecendo que o motivo da detenção e posterior expulsão do país de Omar Borkam e dos seus colegas de trabalho nada teve a ver com o facto de serem "demasiado bonitos", mas esteve antes relacionada com a presença inesperada no stand de uma artista dos Emirados, algo que desafiou o costume de as mulheres não se relacionarem com homens que não sejam da sua família.

Nenhum comentário:

Postar um comentário