Páginas

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Augusto dos Anjos



A esperança não murcha, ela não cansa, também como ela não sucumbe a crença. Vão-se sonhos nas asas da descrença, voltam sonhos nas asas da esperança.

Augusto dos Anjos

Nenhum comentário:

Postar um comentário